Rádio CBN

Editoria | Cidade

Advogado que teve busca da PF em seu apartamento nega que teve armas apreendidas

O advogado que teve uma busca da Polícia Federal em seu apartamento nega que teve armas apreendidas e que foi citado nas investigações por causa da compra de um equipamento de airsoft feita pela internet. Ele já entrou na Justiça para recuperar o notebook e o celular que foram apreendidos. Em um vídeo nas redes sociais, o advogado esclarece que também é instrutor de tiro credenciado pela própria Polícia Federal.

Ouça aqui.