Rádio CBN

Editoria | Cidade

Governo do Estado decide cortar gratificações pagas a presidentes e diretores de repartições públicas

Foto: Manuelly Santos

O Palácio de Despachos decidiu cortar algumas gratificações que eram pagas a presidentes e diretores de repartições públicas do Estado. A medida faz parte do plano de reestruturação financeira do governo estadual. O secretário-geral de Governo, José Carlos Felizola, disse à CBN que o objetivo foi cortar os excessos e que as gratificações só serão pagas a servidores efetivos que executem determinadas funções dentro do governo.

Ouça aqui.