Rádio CBN

Editoria | Cidade

Perícias descartam uso de arma de fogo no Copemcan

Resultado das investigações foi anunciado nesta quinta-feira em entrevista coletiva
Resultado das investigações foi anunciado nesta quinta-feira em entrevista coletiva Divulgação/SSP

Exames periciais e imagens de câmeras de segurança atestam que um vergalhão foi utilizado para assassinar o detento Wesley Santos Silva, que foi morto dentro do Copemcan, em São Cristóvão, no dia 30 de janeiro. Imagens de câmeras de segurança mostram que ele foi atacado por detentos durante uma briga. O motivo do crime ainda não foi descoberto, mas cinco presos envolvidos no caso foram identificados e serão indiciados. 

Perícias descartam uso de arma de fogo no Copemcan